Pipoca melhora a renda de família assistida pela SSVP

0
Carrinho doado para a assistida Andréia

 

Em Cocais de Baixo, zona rural da cidade de Coronel Fabriciano (MG), o cheiro de pipoca avisa aos moradores que a assistida Andréia Quirino de Alvarenga já está trabalhando. Ela tem comercializado o produto em um carrinho que ganhou pelos Projetos Sociais do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP).

Membros da Conferência São Geraldo queriam dar a Andréia a oportunidade de trabalhar e ajudar na melhoria da renda da família. Eles observaram o mercado e viram que na região não tinha vendedores de pipoca. Viram neste déficit a possibilidade de promoção da assistida.

Desde que o projeto foi aprovado, e a compra do carrinho para a comercialização do produto feita, a vida da assistida melhorou muito. “Ninguém fica rico vendendo pipoca, mas o lucro é de mais de 100%. Então, trabalhando direitinho, dá para melhorar muito a renda da família”, observa o confrade Fernando Amador (58), que acompanha o projeto.

Além de pipoca doce e salgada, a assistida também comercializa doce de leite e cocada.

Os Projetos Sociais do CNB são uma iniciativa anual, quando os vicentinos têm a oportunidade de inscrever ações de Mudança de Estruturas (promoção social). As melhores são financiadas. As inscrições de 2018 terminam amanhã (30).

Para mais informações, acesse o link a seguir:

http://www.ssvpbrasil.org.br/projetos-sociais/

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

 

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta