Depois de 6 anos, confrade diz porque decidiu voltar à SSVP

0
728
Confrade Julinei é vicentino na área do Conselho Metropolitano de Contagem (MG)

A Conferência Menino Jesus, em Sete Lagoas (MG), ganhou há pouco tempo o reforço do confrade Julinei Nogueira de Almeida, de 38 anos. Ele já era vicentino, só que estava afastado da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) há 6 anos. “Quando cheguei à Conferência, parecia que tinha uma festa. Eu fui recebido com tanto carinho”, descreve.

Julinei ingressou na SSVP no ano de 2000. A decisão de se tornar confrade mudou a vida dele. Na época, estava afastado da Igreja, da família e bebia muito. Depois de receber o convite para um encontro da Sociedade de São Vicente de Paulo, ele diz que sentiu vontade de ser um novo homem, mais cristão, solidário e presente dentro de casa. “Aquele encontro me transformou. Mudei da água para o vinho. Com os ensinamentos e o exemplo de São Vicente de Paulo, eu aprendi como é importante valorizar as pessoas”.

Ele seguiu atuante dentro da SSVP. O amor pelos Pobres era tanto, que chegou a ingressar no Seminário da Congregação da Missão (CM), dos padres vicentinos. Só então percebeu que não tinha vocação para a vida consagrada e que preferiria servir na condição de leigo.

Assim foi até 2013. Na época, o acúmulo de trabalho, a organização do casamento que estava prestes a acontecer e pequenas divergências com os membros da Unidade Vicentina, o fizeram se afastar da Conferência. “Eu deixei a SSVP, mas sentia muita falta. Ficou um vazio”, admite.

Ao concluir uma segunda graduação este ano, Julinei decidiu que estava na hora de voltar. “Foi a melhor decisão que tomei na vida. É difícil descrever o quão feliz estou. Voltei motivado e cheio de planos”.

As desavenças, provocadas por opiniões contrárias com a de outros membros, ficaram no passado. “A gente não pode se apegar a isso. Pessoas pensam diferente mesmo, mas precisamos continuar a caminhada, porque os Pobres precisam de nosso trabalho”, ensina Julinei.

É isso mesmo, confrade. Um vicentino não pode desistir jamais! Toda a SSVP está muito feliz com seu retorno.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY