A família, como vai? Muito bem porque é vicentina

0
1058
Josiane, Mário e as filhas Maria Eduarda e Maria Fernanda

São Vicente de Paulo e o bem-aventurado Antônio Frederico Ozanam fizeram as vezes de Santo Antônio – considerado pela cultural popular como o ‘santo casamenteiro’ – na vida da advogada Josiane Ribeiro dos Santos Brito (40) e do professor de educação física Mário Lucas de Brito Júnior (38). Foi graças a Vicente e Ozanam que os dois se conheceram, participando da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), em Cambé (PR), área do Conselho Metropolitano de Curitiba. Eles se casaram e tiveram duas filhas: Maria Eduarda (12) e Maria Fernanda (4). Os quatro são membros da SSVP e têm uma história linda de amor, fé e solidariedade com os Pobres, sendo um modelo a se evidenciar nesta Semana Nacional da Família.

Essa história começa em 1999. Na época, com 18 anos, o jovem Mário foi convidado pelo amigo João Batista da Rocha a ingressar em uma Conferência. Ele não só se encantou pela causa, como rapidamente se tornou uma liderança determinada a expandir a SSVP em solo paranaense. Eis que a missão era fundar uma Conferência na Paróquia São Francisco Xavier, em 2004. Foi promovido um encontro de recrutamento, do qual participou Josiane.

A jovem, na época, ainda não conhecia a SSVP. Mas a partir daquele evento, ela percebeu que a causa dos Pobres também era a causa dela.

Josiane e Mário ficaram amigos. Ele, inclusive, a proclamou consócia. A amizade virou paquera, namoro e casamento. Os dois decidiram se unir em matrimônio no ano de 2006. Nunca deixaram de participar da SSVP. Pelo contrário! Só trouxeram mais operários para a messe. Desde bebês, as filhas do casal sempre participaram da Sociedade de São Vicente de Paulo. Primeiro, frequentando a Conferência dos pais. Depois, como membros ativos de uma Conferência de Crianças e Adolescentes que eles criaram para que elas pudessem participar ao lado das amiguinhas.

GRATIDÃO, segundo a consócia Josiane, é o sentimento que define o que ela sente pela SSVP. “Se eu tenho uma família hoje é por causa da Sociedade. Sou grata por tudo. Sei que tudo o que recebo é porque trabalho pelo próximo”.

A família participa assiduamente da Romaria Nacional dos Vicentinos ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida (SP)

Nesse Dia dos Pais, comemorado ontem (11), o confrade Mário diz que ter uma família toda vicentina é o melhor presente que poderia ganhar. “Assim como Ozanam, Josi e eu vamos deixar um legado para nossas filhas: o de servir e evangelizar os nossos ‘Mestres e Senhores’, os Pobres”.

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA

Este ano, a Semana Nacional da Família ocorre de 11 a 17 de agosto, e traz como temática “A família, como vai?”. É uma celebração do Jubileu de Prata (25 anos) da Campanha da Fraternidade de 1994.

A proposta é mostrar que as famílias devem vivenciar uma profunda experiência de Jesus e da Palavra para conseguirem vencer os desafios e dificuldades do caminho.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY