Projetos Sociais: família carente melhora de vida e contrata assistida

0
IMAGEM ILUSTRATIVA. A venda de empadões tem dado melhores condições de vida a duas famílias no RJ

 

Quando os membros da Conferência Santa Tereza D’Ávila criaram um Projeto Social, eles queriam beneficiar a família do senhor Emerson Lemos, que estava passando por dificuldades. Eles só não imaginavam que a iniciativa daria tão certo a ponto de auxiliar outro grupo familiar. A venda de empadões em Volta Redonda (RJ) alcançou resultados extremamente positivos e o senhor Emerson precisou de mais mão de obra para entregar as mercadorias. Então, ele decidiu contratar uma outra assistida, gerando a ela uma nova fonte de renda. “Nós estamos muito felizes com o resultado, porque o nosso trabalho é voltado para a promoção”, comemora o confrade Leônidas dos Reis, presidente da Unidade Vicentina.

Os membros da Conferência Santa Tereza D’Ávila queriam fazer algo para melhorar as condições de vida da família do senhor Emerson, que vivia com o dinheiro dos empadões produzidos e comercializados por ele mesmo, vendendo de porta em porta. O assistido relatou que a renda era baixa, porque ele não tinha condições de produzir mais. Foi aí que os vicentinos souberam dos Projetos Sociais do Conselho Nacional do Brasil (CNB), uma iniciativa criada para financiar ações de Mudança de Estruturas (promoção social). Eles se inscreveram e foram contemplados este ano.

O CNB disponibilizou para a ampliação do negócio do senhor Emerson cerca de R$3 mil.  O dinheiro foi usado para comprar refrigerador, fogão, fritadeira, caixa térmica, forno elétrico, micro-ondas, fôrmas de alumínio, uniformes e embalagens.

A  proposta da Conferência com o projeto era de atender à solicitação dos assistidos, melhorando a quantidade de produção de salgados, bem como tornar a família independente a ponto de não precisar mais da ajuda dos vicentinos.

Por enquanto, os confrades e consócias têm prestado assistência e acompanhamento ao senhor Emerson, mas a expectativa, de acordo com o confrade Leônidas, é de que em breve os assistidos caminhem sozinhos após conquistarem a tão sonhada promoção social.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta