Às vésperas da posse, vicentinos têm dia de muitas atividades no CNB

1
Confrade Cristian (que será empossado amanhã), padre Alexandre e consócia Emília, durante a celebração da Santa Missa

Desde às 7h30, confrades e consócias de todo país estão na sede do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP), no Rio de Janeiro (RJ). Eles participam de uma série de atividades que marcam o fim do mandato da consócia Emília Fernandes Figueiró Jerônimo e o início da gestão do confrade Cristian Reis da Luz, empossado presidente nacional neste domingo.

Santa Missa celebrada na Capela do Menino Deus
Santa Missa celebrada na Capela do Menino Deus

O primeiro momento foi de espiritualidade. Padre Alexandre Nahass Franco (Congregação da Missão-CM), atual assessor Espiritual do CNB, celebrou a Santa Missa. Na homilia, ele pediu que os confrades e consócias trabalhem em harmonia entre eles e usem os dons que possuem em favor dos Pobres. Destacou ainda que as atividades vicentinas são um gesto de amor, serviço desinteressado e boa ação. “Deus é fonte de amor e, é por este amor, que aprendemos a amar os outros e somos incentivados a levá-lo às pessoas que têm sede de justiça”.

Padre Alexandre presentou a consócia Emília com uma relíquia de São Vicente, que ele conseguiu junto à ‘Casa Mãe’, na França.

Reunião da atual diretoria do CNB
Reunião da atual diretoria do CNB

Após a Celebração, os confrades e consócias se dividiram em dois grupos. Membros da diretoria atual, presidentes de Conselhos Metropolitanos e vicentinos de países lusófonos (de língua portuguesa) participaram da reunião ordinária do CNB, onde puderam apresentar as atividades que vêm desenvolvendo em favor dos Pobres, bem como conhecer as ações do CNB no último mês.

Paralela à reunião ordinária, houve um curso da Escola de Capacitação Antonio Frederico Ozanam (Ecafo) para os vicentinos que serão empossados amanhã (3). É norma nacional que todos os novos diretores – tanto de Conferências, quanto de Conselhos – façam o ‘Curso Básico de Novas Diretorias’ antes da posse.

Ecafo para a nova diretoria do CNB
Ecafo para a nova diretoria do CNB

Dentre os tópicos abordados, houve uma ampla reflexão sobre a importância da espiritualidade no seio vicentino e pedidos de que os vicentinos nunca abandonem a razão principal da existência da SSVP: a luta pela causa dos Pobres. “Quando Ozanam e os primeiros confrades chegaram à periferia de Paris, e ficaram sem saber como assistir aquelas pessoas carentes, a Irmã Rosalie Rendu (1786-1856) deu um conselho para eles: ‘basta que vocês amem primeiramente os Pobres’. Se não vivermos a experiência com os Pobres, o trabalho não faz sentido”, explicou o assessor Espiritual do CNB.

Participação internacional

Vicentinos de países lusófonos
Vicentinos de países lusófonos

Os vicentinos do exterior que estão nas reuniões do CNB hoje vieram ao Brasil porque vão participar da II Cúpula de Países Lusófonos. São confrades e uma consócia de Moçambique, Luanda, Guiné, São Tomé e Príncipe, e Portugal.

Representando o Conselho Geral Internacional, o confrade  Júlio César Lima apresentou ações que vêm sendo implantadas para garantir a união dos países onde a SSVP se faz presente e o fortalecimento da instituição. Dentre os trabalhos, ele destacou o projeto ‘A voz dos Pobres’. A proposta desta iniciativa é fazer com que os vicentinos participem de ações e discussões na esfera pública sobre as questões que envolvam a garantia dos direitos das pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Conselho

 A Irmã Carolina Mureb (Filha da Caridade-FC) gravou um vídeo motivacional, incentivando que os novos diretores do CNB nunca percam a caridade e a simplicidade. Também aconselhou que não se distanciem da espiritualidade. “A oração é um diálogo que converte nossos corações e nos faz avançar como discípulos missionários. Os membros precisam de uma espiritualidade sólida que consiste no amor de Deus e no serviço aos Pobres”.

Quem organizou a formação foi a consócia Vera Santos, coordenadora da Ecafo, que encerra o mandato amanhã. Durante o curso, ela recordou uma citação de São Vicente de Paulo, em que ele afirmava: ‘Deus ama os Pobres e ama quem ama os Pobres’. Segundo ela, o serviço aos vulneráveis sociais é uma importante ferramenta de santificação dos membros da SSVP e, em retribuição à caridade despretensiosa prestada, muitas graças são revertidas a eles.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns a essa equipe. Gente maravilhosa. Que receberá as bênçãos de DEUS todos os dias. Para suas vidas, para seus familiares e para seus trabalhos . SSVP AMO

Deixe uma resposta