Relatório feito por cerca de 40 entidades da sociedade civil traz um alerta preocupante. A alta do desemprego, diminuição de beneficiados pelo Bolsa Família e congelamento dos investimentos sociais podem aumentar a pobreza e fome no Brasil e, consecutivamente, elevar o número de pessoas que vão necessitar da assistência dos membros da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP).

Desde 2014, o país não integra o Mapa da Fome. Isso significa que menos de 5% da população estava ingerindo menos calorias do que o recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU). No entanto, as crises políticas e financeiras que o Brasil enfrenta pode elevar este número em breve, fazendo com que a nação seja novamente inserida no Mapa.

Baixe aqui o estudo completo

O relatório tem como base os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com foco em 7 deles: 1 – Erradicação da Pobreza; 2 – Erradicação da fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição, além de promover agricultura sustentável; 3 – Saúde e bem estar; 5 – Igualdade de gênero; 9 – Indústria, inovação e infraestrutura; 14 – vida na água; 17 – Parcerias e meios de implementação.

O estudo ainda denuncia: “Os dados analisados refletem um processo de negligência do bem público em nome da manutenção do status quo e de desmonte das políticas voltadas à promoção da dignidade, da redução das desigualdades, efetivação de direitos humanos e sustentabilidade socioambiental, frutos de décadas de construção e conquistas da sociedade”.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta