ROMARIA: formações são incluídas na grade de atividades

0
670

Quem participa da 49ª Romaria Nacional dos Vicentinos ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida (SP) teve a oportunidade de refletir mais sobre dois importantes temas: Ozanam, missionário dos Pobres e Viver a simplicidade na vocação vicentina. É que ambos pautaram workshops ministrados na tarde deste sábado, no Centro Eventos ‘Padre Vítor Coelho de Almeida’.

A participação neles foi mediante cadastro prévio disponível no site ssvpbrasil.org.br.

Padre Joelson

Padre Joelson Sotem (Congregação da Missão-CM) fez o workshop sobre a Simplicidade na Vocação Vicentina. Ele explicou que esta virtude é muito importante para iluminar os trabalhos junto aos Pobres, despojando os membros da SSVP de vaidades e outras características que dão contratestemunho ao Evangelho.

O consagrado usou como referência da formação textos de São Vicente de Paulo, do Papa Francisco e do Bem-aventurado Antônio Frederico Ozanam, em que eles defendiam a virtude da ‘Simplicidade’.

Segundo padre Joelson, inclusive, o principal fundador da Sociedade de São Vicente de Paulo pediu em uma das cartas que os vicentinos servissem sempre com simplicidade aos Pobres, reconhecendo Neles os rostos privilegiados de Cristo no mundo.

Confrade Kaike

O tema Ozanam, missionário dos Pobres teve como formador o confrade Carlos Henrique David (Kaike). Ele explicou que a missionariedade sempre foi uma característica marcante no principal fundador da SSVP, que fez da vida dele um belo testemunho de ser humano, cristão e vicentino, ao lutar pela causa dos vulneráveis sociais.

Aos membros da Sociedade de São Vicente de Paulo, Kaike faz um convite para que eles jamais se esqueçam de Frederico Ozanam. “Precisamos ser os novos e as novas Ozanams de hoje, construindo um mundo melhor, tendo os Pobres como protagonistas”.

O confrade ainda relembra que todos os avanços proporcionados pelos tempos atuais não privilegiam as classes que vivem às margens da sociedade, a exemplo da área da saúde e comunicação, em que os Pobres não recebem atendimento adequado quando estão doentes e não possuem acesso às informações e à educação. “Para suportar estes desafios, precisamos que nossa Vocação Cristã e Vicentina seja forte e verdadeira”. Conclamou. “Que possamos pela caridade influenciar o mundo para um novo tempo”.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY