Reuniões por videoconferência facilitam trabalhos vicentinos

0
791
Confrade Helder Schlickmann, da área do CM São José dos Campos, onde as reuniões on-line já acontecem

Membros da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) estão usando a tecnologia para encurtar distâncias, reduzir custos, otimizar o tempo e proporcionar um trabalho ainda mais eficiente dentro da entidade. Todos esses benefícios são feitos por aplicativos que permitem a realização de reuniões on-line.

Tais reuniões não substituem o encontro semanal da Conferência e nem os encontros de Conselhos, no entanto, são importantes aliadas na realização de eventos, bem como para traçar estratégias e resolver outras questões sem que os confrades e as consócias precisem se deslocar até um determinado ponto.

Dentro do Conselho Nacional do Brasil (CNB), a Escola de Capacitação Antonio Frederico Ozanam (Ecafo) já adota este tipo de reunião desde o ano passado. Os oito integrantes usam as chamadas de vídeo em grupo do Facebook. Como cada membro é de uma Região do país, se eles se encontrassem mensalmente, por exemplo no Rio de Janeiro, onde é a sede do CNB, os custos com viagem e alimentação ficariam em torno de R$8 mil. Com as reuniões virtuais não há nenhum gasto, já que para elas acontecerem, os vicentinos precisam apenas de um smartphone ou computador e internet.

A consócia Cristiane Nogueira, coordenadora da Ecafo, explica que neste tipo de reunião não se faz ata, mas um relatório de tudo o que foi discutido. Depois, este relatório é encaminhado a cada participante.

Reunião da Ecafo nacional por videoconferência

Ela frisa que as reuniões virtuais são facilitadoras, no entanto, não podem substituir as reuniões presenciais. Duas vezes por ano, a equipe da Ecafo se encontra. “A SSVP foi criada para um convívio pessoal e presencial, tanto que nossos fundadores priorizam as reuniões de Conferências e as visitas aos Pobres. Certo que naquela época não tinha internet, mas os fundadores poderiam tomar as decisões por meio de cartas, mas não era assim. O contato é importante para fortalecer os nossos laços enquanto família, e isso não pode se desvirtuar”.

CASO DE SUCESSO

Na área do Conselho Metropolitano de São José dos Campos (SP), a equipe que coordena as Conferências de Crianças e Adolescentes (CCAs) também adota as reuniões por videoconferência. O aplicativo utilizado por eles é o Skype.

O confrade Helder Schlickmann relata que uma vez por mês, os membros se reúnem virtualmente e que esta iniciativa tem dado bons resultados. “Tínhamos membros que moravam até 150 Km de distância e isso dificultava nossos encontros. Às vezes, a gente passava mais tempo viajando, do que na própria reunião. Começamos as reuniões por videoconferência e tem sido um sucesso”.

Os vicentinos organizaram um encontro para mais de cem pessoas pelo Skype e tudo deu certo.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY