O confrade Cristian Reis da Luz, presidente nacional da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), criou um neologismo para descrever membros da instituição que não se comprometem verdadeiramente com a causa vicentina: ‘vicentinossauros’. Segundo o presidente, o termo se refere aos confrades e consócias que passam anos fazendo as mesmas atividades, esperando resultados diferentes. “Precisamos sair da nossa zona de conforto, trabalhando com criatividade pelo bem de nossas Unidades e pela promoção de nossos assistidos”, explicou.

A fala ocorreu durante a Plenária Nacional, que vai até amanhã (5), em Osasco (região metropolitana de São Paulo). Lideranças vicentinas – membros da diretoria do Conselho Nacional do Brasil (CNB) e presidentes de Conselhos Metropolitanos – estão reunidos, analisando as atividades desenvolvidas entre 2017 até agora, e traçando metas para 2019.

Confrade Cristian durante apresentação na Plenária
Confrade Cristian durante apresentação na Plenária

Cristian, que foi empossado presidente da SSVP há 11 meses, disse que até o momento toda a equipe está empenhada em ajustar os trabalhos e, assim, poder constituir o planejamento estratégico da instituição. “Estamos abrindo muitas janelas e queremos que todas elas sejam fechadas com leveza e tranquilidade até o final de nosso mandato”, comparou.

ANO TEMÁTICO

MESTRES E SENHORES! Este será o ano temático vicentino de 2019. O anúncio foi feito na manhã deste sábado.

De acordo com o padre Alexandre Nahass Franco (Congregação da Missão-CM), assessor Espiritual do CNB, o tema é um convite para que os vicentinos não percam o ardor do serviço aos Pobres que inflamou os fundadores da SSVP.

Ele ainda defendeu que os membros nunca se distanciem do Carisma Vicentino. “Se eu tenho um cargo dentro da SSVP não é por privilégios; o Carisma não pode ser arma de poder. O Carisma, quando é genuíno, ele é poder de serviço e amor”.
Um encarte com fascículos sobre o ano temático será publicado na revista Boletim Brasileiro.

Ainda na parte da manhã, os Departamentos apresentaram as conquistas e desafios; já os presidentes de Conselhos Metropolitanos refletiram sobre como podem ajudar o Conselho Nacional do Brasil a vencer os desafios.

PRESENÇA INTERNACIONAL

Consócia Margarita Henao
Consócia Margarita Henao

A Plenária Nacional conta com a participação da consócia colombiana Margarita Henao. Ela é coordenadora da Zona 1 (Norte), que engloba Brasil, Colômbia, Suriname e Venezuela.

Margarita disse que nunca devem faltar nas fileiras vicentinas ‘serviço, disponibilidade, caridade e empatia’. Defendeu a importância da formação permanente por parte dos membros e ainda elogiou a participação dos jovens brasileiros na SSVP.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta