EIJV: programação dinâmica agrada brasileiros

0
605
Parte da delegação brasileira

Terminou hoje (21) o Encontro Internacional da Juventude Vicentina (EIJV), no Panamá. Cerca de 500 jovens do mundo todo estavam reunidos na cidade de Colon desde sexta-feira passada. Nesses dias, eles participaram de Missas, catequeses, festivais culturais e aprofundamento da espiritualidade do Carisma Vicentino.

A delegação brasileira tem 55 membros, que estão sendo acompanhados pelo padre Alexandre Nahass Franco (Congregação da Missão-CM), assessor Espiritual do Conselho

Luiz Felipe

Nacional do Brasil (CNB). Segundo os confrades e consócias do Brasil, o EIJV foi uma rica experiência nas vidas deles. “O evento foi muito bom. Muito aprendizado com espiritualidade. O que de melhor aprendemos é que precisamos ter firmeza na fé cristã/vicentina, e seguirmos Jesus e São Vicente de Paulo. Que também orientemos nossas ações sempre a serviço dos Pobres”, avalia o confrade Luiz Felipe Firmo de Almeida, membro da Conferência Santa Rosa de Viterbo, em Niterói (RJ).

É a segunda vez que Luiz participa do EIJV. Ele esteve na edição passada, na Polônia.

Confrade Daniel Carneiro

O confrade Daniel Carneiro também gostou muito do que viveu em Colon. “Foram três dias de uma experiência única e revigorante”, define.

 

 

 

 

Vários idiomas, um único propósito: o seguimento de Jesus

Como o evento reúne vicentinos do mundo todo, as questões da língua e comunicação são interessantes. As Missas, por exemplo, tinham cada parte em um dos três idiomas adotados: inglês, espanhol e português.

Foi montado também um coral internacional, com integrantes cantando em uma das línguas adotadas.

Já as catequeses e oficinas foram ministradas nos idiomas dos participantes. Os brasileiros receberam as capacitações da consócia Ada Ferreira (representante da SSVP no Conselho Nacional do Brasil da Família Vicentina) e de representantes da Juventude Mariana Vicentina de Portugal.

MOTIVAÇÃO AOS JOVENS

Padre Tomaz ao centro

 

O padre Tomaz Mavric, que é considerado sucessor de São Vicente por estar hoje na condição de Superior Geral da Congregação da Missão-CM (Ordem fundada por Vicente de Paulo), motivou os jovens vicentinos a seguirem na caminhada de serviço prestado a Jesus presente nos Pobres.”Para nós, vicentinos, a alegria do Evangelho vem da convicção de que, como disse Vicente de Paulo, continuamos a missão de Jesus na Terra. Somos chamados a anunciar, por meio de nossas palavras e obras, que estamos a serviço dos Pobres, ou em outras palavras: A SERVIÇO DE JESUS!”.

Nesta segunda, os jovens viajam para a Cidade do Panamá, onde vão participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), juntamente com o Papa Francisco.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY