Diretoria do CNB completa hoje o primeiro ano de gestão

0
495
Confrade Cristian (no primeiro plano); ao fundo, membros da diretoria dele

 

O dia 8 de setembro traz muitos significados importantes para o confrade Cristian Reis da Luz, atual presidente do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP). Nessa data, há 165 anos, morria o confrade Antonio Frederico Ozanam (principal fundador da SSVP). Também em 8 de setembro, agora mais recente, no ano passado, Cristian e a diretoria dele assumiam oficialmente o comando da ‘Sociedade’ vicentina no país, cinco dias após a posse, que aconteceu no Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa (RJ).

Hoje, completam-se exatamente 365 dias da atual gestão à frente do CNB. Na opinião do presidente, foi um período de escutar os anseios dos vicentinos e, a partir deles, tomar decisões colegiadas, pautadas na ética, transparência e comprometimento com a causa dos Pobres.

Em entrevista exclusiva à equipe de jornalismo do site SSVPBRASIL, o confrade fez um balanço do primeiro ano de mandato e ainda comentou sobre o futuro. “O que mais posso desejar? Uma ‘Sociedade’ viva e atuante em todos os “Brasis”, pois quantos “Brasis” existem dentro do Brasil? Há muitos e muitos e, só indo às bases para conhecê-los e se apaixonar por eles. Culturas que fazem a CULTURA maior… sonhos de vicentinos, sonhos dos Pobres…”, complementa: “Sinto-me abraçado pelo Brasil, pelos meus queridos vicentinos brasileiros… sinto uma diretoria unida e que permanecerá comprometida com as causas dos Pobres! Obrigado vicentinos, funcionários e colaboradores por fazerem do sonho de Ozanam o nosso sonho”.

A seguir, a íntegra da entrevista:

SSVPBRASIL – O senhor foi empossado presidente do CNB há um ano. No seu discurso de posse, enfatizou que teria uma diretoria descentralizada e que trabalharia para atender aos anseios dos vicentinos. Tem conseguido cumprir com sua promessa?

Confrade Cristian – Eu tenho o perfil de ser descentralizador e confiar na minha equipe, acompanhando e delegando. Tenho buscado ter ouvidos atentos para as necessidades que nos permeiam e tomado medidas colegiadas para os clamores que chegam até mim ou para minha diretoria. Acredito que tenho cumprido sim, porém, sinto vontade de fazer muito mais. Estar próximo às bases tem sido uma busca incessante e queremos melhorar ainda mais o nosso contato.

SSVPBRASIL – E quais eram os anseios dos vicentinos?

Confrade Cristian – Anseios da escuta, da alteração da Regra, de estarmos mais próximos das bases com nossos Departamentos e vice-presidências.

SSVPBRASIL – O que mudou no Cristian de 1 ano atrás e no Cristian de hoje, presidente da SSVP no maior país vicentino do mundo?

Confrade Cristian – Talvez diria que muito pouco, ao mesmo tempo muito. Parece ambíguo, mas não é. Continuo o mesmo vicentino, atuando em minha Conferência, com um novo bebê para cuidar; estudando, trabalhando, me organizando para estar com a família e vivê-la intensamente e, ao mesmo tempo, me dedicando aos afazeres do presidente. A grande mudança está no coração; sinto-me mais emotivo com as questões que envolvem o Pobre, e nossa espiritualidade. Têm mexido muito mais comigo questões que geram injustiça em qualquer situação (na sociedade civil e nas fileiras vicentinas).

SSVPBRASIL – Ao longo desse tempo, o senhor participou de reuniões, encontros, inclusive um do Conselho Geral Internacional na Espanha, e as posses das diretorias dos dois novos Conselhos Metropolitanos.  O que de melhor aprendeu no contato com os vicentinos?

Confrade Cristian – Aprendo diariamente com os vicentinos com quem convivo. São exemplos de fé, de fidelidade ao nosso Carisma. Aprendi e continuo aprendendo que “a vida não é lugar de repouso” e precisamos ir “aos Pobres” onde Eles estiverem. O comprometimento dos vicentinos que encontro é a riqueza da SSVP no Brasil: são histórias e histórias, ações, trabalhos de Mudança Sistêmica (promoção social) e muitas outras situações. Aprendi ou percebi o quanto os vicentinos querem ser escutados.

SSVPBRASIL – As vidas das pessoas são norteadas de momentos bons e tristes; vitórias e derrotas. À frente do CNB, o que o senhor considera como conquista e o que considera como feito negativo?

Confrade Cristian – Um feito positivo é a reorganização administrativa e um trabalho mais próximo às bases, principalmente com os CMs. E um ponto a melhorar é fazer que as informações cheguem aos locais que devem e que sejam implementadas em sua totalidade.

SSVPBRASIL – Diretamente nas vidas dos Pobres, de que forma a sua gestão tem trabalho para impactá-las rumo à promoção social (Mudança de Estruturas)?

Confrade Cristian – Dando continuidade aos Projetos Sociais que já vêm de outras gestões. Para 2019, foram destinados mais de R$240 mil.

SSVPBRASIL – Qual é o principal desafio da SSVP hoje no Brasil?

Confrade Cristian – Ser reconhecida e de fato SER uma entidade que presta serviços de excelência aos Pobres!

SSVPBRASIL – Dando sequência à pergunta acima, qual é o principal desafio para o confrade presidente Cristian hoje?

Confrade Cristian – Continuar com o mesmo ritmo do primeiro ano, com entusiasmo e vontade de fazer o melhor para nossa SSVP. Muitas vezes, as pessoas deixam esfriar a motivação, porém, meu desejo é de vencermos os quatro anos com a mesma intensidade desse primeiro ano.

SSVPBRASIL – Agora, dentro de uma retrospectiva, vem a pergunta que talvez seja a mais importante: qual é a sua avaliação quanto ao primeiro ano de mandato?

Confrade Cristian – Estou muito feliz em ver janelas abertas e que daqui a pouco precisaremos começar a fechar. Algumas situações já resolvidas e outras com boas perspectivas para resolução. Uma equipe que consegue suportar as demandas e tem de fato colaborado com os trabalhos para a SSVP Brasil e para os Pobres! Sei que não resolveremos o mundo, mas não podemos ficar inertes e, neste sentido, digo que omissão não fez parte do vocabulário nesse primeiro ano. Não tem sido um fardo e, sim, a possibilidade de colocar em prática alguns sonhos e tenho feito minha equipe sonhar comigo. Conheci novos amigos, legado de Ozanam, e como tenho aprendido com todos, os novos e velhos amigos!

SSVPBRASIL – O que os confrades e as consócias brasileiros podem esperar desta diretoria para os próximos três anos?

Confrade Cristian – Disposição e fidelidade ao nosso Regulamento. Estaremos cada vez mais próximos das bases e lutando para uma SSVP que atenda com excelência aos Mestres e Senhores, os Pobres!

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY