Dia dos Namorados: vicentinos unidos pela caridade e o amor

0
43
Vinícius, Renata e Pedro

 

As Conferências Vicentinas são formadas por grupos de amigos que se unem para a prática da caridade. Só que desta amizade nascem muitas histórias de amor. É muito comum encontrar casais que se conheceram dentro da instituição e hoje são namorados, noivos e até casados. Dentre eles está o confrade Vinícius Gabriel Silva de Oliveira (37) e a consócia Renata de Miranda Dias de Oliveira (38), da área do Conselho Metropolitano de São José dos Campos (SP).

Na verdade, a SSVP é uma espécie de ‘cupido’ na vida dos dois há mais de uma geração. Tanto os pais de Vinícius, quanto os de Renata também se conheceram em atividades vicentinas, se apaixonaram e casaram.

O casal de São José dos Campos ficou amigo ainda na infância, quando visitava a Conferência dos pais. Na adolescência, Vinícius ingressou na mesma Unidade Vicentina que Renata participava. A amizade virou amor. Eles estão juntos há 18 anos. Casaram-se e têm um filho de 11 anos, o Pedro, que também participa de uma Conferência de Crianças e Adolescentes.

Vinícius afirma que há um sabor especial em ter se apaixonado por uma vicentina. “Nós temos os mesmos ideais de vida e a nossa meta é ser feliz sempre, levando esta alegria para as famílias assistidas”.

Casal sonha em se casar próximo das festividades de São Vicente de Paulo

Fábio e Sara
Fábio e Sara

Se você está sozinho (a), procurando sua cara-metade, veja a dica da consócia Sara Cangussú Parente (25). “A SSVP pode te dar uma ‘mãozinha’ porque ela é recheada de gente bonita e alegre, sem contar que conhecemos pessoas de muitos lugares. Com certeza, você vai encontrar a sua ‘outra metade da laranja’ em uma Conferência”.

Sara entende bem do assunto. Ela conheceu o noivo, o confrade Fábio do Nascimento Torrieri (23), em um retiro. Em 2014, ele ingressou na Conferência de Sara, a São João Paulo II, que funciona na cidade de Ribeirão Preto (SP), área do Conselho Metropolitano de São Carlos. No mesmo ano, dia 26 de setembro – véspera da memória litúrgica de São Vicente de Paulo – se apaixonaram durante um encontrão da juventude vicentina.

Eles estão noivos e pretendem se casar no dia 26 de setembro de 2020. “É para emendar com a Festa de São Vicente no dia 27”, explica a consócia.

Sara afirma que o fato de ser vicentino torna o noivo um homem ainda mais especial. “Juntos, buscamos a santidade no trabalho com os Pobres, e é isso o que nos define como casal e fortifica nossa união”.

Neste Dia dos Namorados, a consócia aproveita para deixar um recado ao amado. “Meu amor, obrigada por ser essa pessoa incrível, que me leva a cada dia para mais perto de Deus. Amo a sua forma de ver a vida e como leva a sério o nosso trabalho vicentino. Com certeza, a sua forma de amar o próximo me faz me apaixonar a cada dia mais por você. Que São Vicente e Ozanam sempre intercedam por nós e por nosso trabalho! Te amo e te admiro muito”.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY