Consócia do Ceará vende doces para realizar sonho

0
15
Beatriz confecciona palha italiana

 

A consócia Beatriz Cristino (25) tinha um sonho muito difícil de realizar diante da atual situação que se encontrava, que era de desempregada. A vicentina, que é membro da Conferência São Luiz Gonzaga – em Quixadá (CE) –, desejava participar da 48ª Romaria Nacional dos Vicentinos ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida (SP), promovida no final do mês passado. Eis que em vez de se acomodar com o sonho, ela resolveu correr atrás dele para concretizá-lo.

No dia 1º de abril de 2017, Beatriz decidiu que participaria da festa. No entanto, naquela data, ela não tinha nenhum dinheiro. Mas surgiu-lhe uma ideia: confeccionaria e venderia palha italiana (um doce feito com biscoito e chocolate) pelas ruas de Quixadá, a pouco mais de 160 Km de Fortaleza. A iniciativa deu certo. Com a venda, conseguiu arrecadar R$300.

No aniversário dela, no mês de novembro, pediu aos familiares e amigos que no lugar de presentes, dessem a ela dinheiro. Com esta iniciativa, juntou mais R$600.

Pronto. Ela já tinha R$900. A quantia foi suficiente para pagar a passagem de ônibus de Quixadá até Fortaleza (ida e volta R$70), a passagem de avião de Fortaleza até São Paulo (ida e volta R$600) e de ônibus de São Paulo a Aparecida (ida e volta R$110).

Sonho realizado: a vicentina consegue participar da festa em Aparecida (SP)
Sonho realizado: a vicentina consegue participar da festa em Aparecida (SP)

Para se hospedar em Aparecida, além de fazer refeições na cidade, ela contou com o apoio de um casal vicentino cearense que pagou as despesas, e ela quitará tudo em prestações, também com a venda de doces.

Tanto sacrifício, segundo Beatriz, foi mais que válido. “Não tenho como expressar e agradecer tanta graça em minha vida. Só peço a Deus e Nossa Senhora que continuem abençoando minha vida e de todos aqueles que ajudaram na realização deste sonho”.

A consócia está decidida que participará da festa em 2019, nos dias 6 e 7 de abril e, para tanto, pretende começar a juntar dinheiro em breve.

Às pessoas que sonham em ir à Romaria Nacional e não têm condições, ela deixa um recado. “Corra atrás, lute e realize. Uma vez na casa da ‘Mãe Aparecida’, padroeira do Brasil, é graça para o resto da vida”, conclui.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY