Conselho Geral lança dois livros durante a plenária do Porto

0
835

Durante a realização da reunião plenária anual do Conselho Geral Internacional (CGI) da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), que acontece no Porto (Portugal) entre 11 e 16 de junho de 2019, várias novidades estão acontecendo, entre elas o lançamento de dois novos livros de espiritualidade. O primeiro se chamada “Santidade nas Conferências Vicentinas”, e o segundo intitula-se “Reflexões Vicentinas aos Evangelhos”.

“Santidade nas Conferências” é escrito pelo pesquisador Gesiel Júnior, autor de dezenas de publicações vicentinas, católicas e biografias de personalidades brasileiras. O novo livro consiste numa “hagiografia”, isto é, numa lista de biografias de 70 pessoas que foram seguidores dos sete fundadores e, hoje, encontram-se em algum nível de santidade perante a Igreja Católica, na condição de servo de Deus, venerável, beato ou santo.

O livro, de 164 páginas, é uma coletânea que reúne biografias ilustradas de 9 santos, 36 beatos, 10 veneráveis e 16 servos de Deus. Todos eles participaram ativamente de Conferências Vicentinas, como, por exemplo, João Paulo II, que foi confrade na época em que era universitário, em Cracóvia, na Polônia. Primeiro papa membro da SSVP, ele canonizou e beatificou grande número de personalidades contemporâneas, como a médica italiana Gianna Beretta Molla (1922-1962) e o cigano Ceferino Jimenez Malla (1861-1936), martirizado na Guerra Civil espanhola.

“Essa pesquisa de excelência é digna de louvor. O Conselho Geral Internacional espera que, com a disseminação do seu conteúdo, as vidas dos santos confrades e consócias sejam mais conhecidas, e que outras pessoas, estimuladas por esses exemplos, possam também buscar a própria santificação”, declarou o 16º Presidente Geral, confrade Renato Lima de Oliveira.

Para Gesiel, o novo livro foi inspirado na Exortação Apostólica “Gaudete et Exsultate”, do Papa Francisco, sobre o chamamento à santidade no mundo atual. “Nosso livro é uma espécie de santoral vicentino. Ele foi escrito para recordar, em especial, quem imitou a Jesus servidor dos pobres, percorrendo os passos de Ozanam e de seus companheiros. Porque a nós cabe o dever da memória, a fim de preservar tal patrimônio incomparável de obediência ao Deus vivo e à sua palavra de caridade”, observou Gesiel.

O segundo livro é de autoria do dinâmico confrade Eduardo Marques, também brasileiro, que pertence a diversas comissões dentro da Estrutura internacional do Conselho Geral. As leituras deste livro estão diretamente relacionadas aos textos bíblicos contidos no Missal, ou seja, são reflexões casadas com a caminhada bíblica da Igreja e, sobretudo, com a vivência dos sacramentos e da fé.

Além disso, a publicação do confrade Eduardo está alinhada com os princípios do planejamento estratégico do Conselho Geral Internacional, focados na oração, no encontro com o pobre, na busca da santificação pessoal e na defesa da justiça social, fazendo com que estejamos conectados com o lema da SSVP (“Servindo na esperança”), que também deve ser o diferencial do nosso estilo de vida. Um belo livro para orientar o trabalho espiritual das Conferências, tanto junto aos assistidos quanto aos próprios membros.

“Com o brilhantismo e rigor acadêmico de sempre, Eduardo Marques presenteia a Sociedade de São Vicente de Paulo com esta bela obra que ajudará a aprimorar a nossa formação cristã, católica e vicentina. Recomendo que todos os membros da SSVP adotem esse livro durante sua caminhada espiritual para, juntamente com a Regra e demais documentos da Igreja, possamos aprimorar a formação vicentina nas Conferências e Conselhos. Tudo isso tem um único objetivo: melhorar a eficiência da SSVP junto aos mais necessitados”, opinou o confrade Renato Lima.

Na ótica do Conselho Geral, a formação é fundamental dentro da SSVP. Ela é um processo contínuo, permanente e, acima de tudo, evangelizador. O vicentino precisa possuir uma formação adequada para saber lidar com os desafios dos tempos modernos. As ações de caridade que são desenvolvidas junto aos que sofrem só terão a eficácia desejada se os membros estiverem bem formados, com uma visão crítica da realidade e o pleno conhecimento dos pilares da nossa identidade (o legado dos sete fundadores) e do nosso carisma (a herança comum de Vicente e Luísa).

Ambos os livros estão sendo lançados somente na língua portuguesa. Os Conselhos Superiores que assim o desejarem poderão traduzir a publicação para os seus idiomas. Os direitos autorais das duas publicações foram doados pelos autores ao Conselho Geral. Pedidos pelo e-mail: cgi.formation@ssvpglobal.org

Fonte: CGI
Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY