Conferência não tem férias ou recesso de final de ano

0
2611

Imagine se no momento quando você mais precisa de Deus, Ele te manda a seguinte mensagem: “Não posso te atender, porque estou de férias”. Ninguém quer se equiparar ao ‘Criador’, no entanto, o exemplo acima mostra que o cristão precisa estar a serviço todos os dias do ano, porque quem precisa dele, não pode esperar.

Isso também vale para as atividades da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP). As reuniões ordinárias são realizadas semanalmente pelas Conferências, conforme determina o artigo 26 da Regra, no parágrafo I.

Portanto, Conferência não tem recesso e, muito menos, férias. “As necessidades dos Pobres têm recesso?”, questiona o confrade José Alves, coordenador do Departamento de Normatização (Denor) do Conselho Metropolitano de Brasília (DF).

O confrade Jean de Morais, membro do Denor nacional, complementa que os Conselhos devem acompanhar situações em que Conferências param de se reunir por algum motivo injustificável, corrigindo-as. “Se um Conselho sabe de um erro grave qualquer e não adota as providências necessárias, ele está cometendo erro mais grave. O maior problema do trabalho de um Conselho é concordar com a prática de um erro”, esclarece.

O confrade Valdir Alves, também da equipe nacional do Denor, conclui: “não existe não fazer visita e não fazer reunião semanal. É Regra! Juramos cumpri-la. Não rasguemos ou criemos nossa própria regra”.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY