Carta internacional da SSVP será impressa e enviada às Conferências

0
1594

Hoje, 31 de janeiro de 2019, o confrade Renato Lima de Oliveira, 16º presidente-geral da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), divulga sua terceira Carta-Circular, documento no qual o presidente se comunica diretamente com todos os vicentinos do mundo, membros das Conferências Vicentinas.

Como forma de contribuir na divulgação, o Conselho Nacional do Brasil (CNB) vai imprimir o material e enviá-lo às Conferências.

A Carta está estruturada em cinco partes: “Introdução”, “Expediente do Conselho Geral”, “Recomendações aos Vicentinos”, “Ano Temático de 2019 (Ano de Lamache)” e “Conclusão”. Além da Carta propriamente dita, o texto contém 25 notas de rodapé, com informações adicionais que enriquecem a compreensão global dos capítulos.

“A Carta-Circular é uma oportunidade ímpar na qual o Conselho Geral dirige-se aos vicentinos do mundo inteiro, convidando-os a refletirem sobre vários temas”, destacou o confrade Renato Lima. A Carta deste ano está centrada nos 180 anos do Conselho Geral e em quatro aspectos estratégicos para a SSVP: comunicação, formação, juventude e expansão para novos países.

Numa das partes da Carta, o confrade Renato exorta: “o vicentino deve ser luz para os demais. O vicentino deve ser exemplo de tolerância entre os próprios membros e os assistidos. O vicentino deve buscar a santidade e promover a cultura de paz”. Ao final, o presidente deixa algumas perguntas para reflexão, entre elas: “O que precisamos começar a fazer para melhorar a eficiência do trabalho das Conferências? E o que precisamos parar de fazer?”.

A Carta-Circular é uma tradição entre os presidentes-gerais. A primeira delas foi escrita pelo cofundador Emmanuel Joseph Bailly de Surcy, 1º presidente-geral, em 14 de julho de 1841. Desde o início do atual mandato, em 2016, a Carta vem sendo escrita em árabe, italiano e chinês, além dos outros quatro idiomas oficiais (inglês, francês, espanhol e português).

Por ser um documento relativamente longo, sugere-se que a Carta-Circular seja meditada como leitura espiritual nas Conferências e nos Conselhos em duas ou três partes.

Comentários sobre a Carta-Circular de 2019, além das sugestões de temas para a edição de 2020, podem ser enviados pelo e-mail: cgi.circularletter@gmail.com.

Para ler a íntegra do documento, CLIQUE AQUI

 

Fonte: CGI

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY