19:13 30 de ago de 2014
 
Notícias A SSVP Formação Ajude Cadastro Contato SOS Vicentinos
 
 
 
Ozanan.TV
 
Você Repórter
Vídeos
 
Galeria
 
   
06/12/2010
REPORTAGEM COMPLETA
Expressões juvenis de todo o Brasil, dentre elas a SSVP, buscam unidade em encontro realizado no interior de SP

FOTO: Os representantes da SSVP no encontro: Joaquim, Ada, padre Alexandre, Patrícia e Cláudia

Cerca de 270 jovens de 28 expressões juvenis de todo o Brasil - dentre elas a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) - estiveram reunidos no Centro Mariápolis Ginetta, em Vargem Grande Paulista (SP), no 1º Encontro Nacional de Movimentos Juvenis, evento organizado pelo Setor Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre os dias 3 a 5 de dezembro.

Os participantes do encontro buscaram a unidade e valorização das várias expressões juvenis existentes no país, conforme explicou o bispo responsável pelo Setor Juventude da CNBB, dom Eduardo Pinheiro da Silva. “O encontro pretende valorizar as várias forças de evangelização como pede o Documento 85 da CNBB, ‘Evangelização da Juventude”, e unir essas forças em torno de uma evangelização mais eficaz para a vida plena da juventude’. Ele destacou ainda que o encontro inédito é uma forma de unir os movimentos, congregações, pastorais e novas comunidades de jovens de todas as regiões do país. “A reunião de toda essa diversidade reflete a união desses jovens em torno de um mesmo objetivo e também a confiança da Igreja na juventude que é protagonista”.
Para o assessor do Setor Juventude, padre Carlos Sávio, o encontro celebra a unidade da juventude brasileira. Ele comentou também como foi a dinâmica do evento durante esses três dias. “O encontro tem dois grandes pilares: as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) e o Documento 85 da CNBB que será o subsídio de todo o encontro para que os jovens possam perceber ao longo do evento o que sua Igreja pensa sobre a evangelização da sua juventude. Teremos também uma conversa via skipe com jovens de Madri, shows, estudos e reflexões”, completou o assessor.
 
SSVP NO EVENTO
 
De acordo com a coordenadora de Jovens para a Região IV da Sociedade de Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), consócia Patrícia Nogueira, a 'Sociedade' foi representada por ela, e mais quatro membros: Ada Ferreira (presidenta do Conselho Nacional do Brasil - CNB), confrade Joaquim (coordenador do Conselho Metropolitano de Jundiaí), padre Alexandre Nahass (assessor espiritual do CNB) e Cláudia Zago (representante da SSVP no Setor Juventude CNBB). Patrícia Nogueira avalia o encontro. “Foram dias de intensos trabalhos, partilhas e espiritualidade, uma alegria infinita que se traduziu num compromisso que pode ser resumido em apenas uma palavra: UNIDADE!”.
 
 
Cardeal Odilo Scherer convida jovens a multiplicar o Evangelho e viver a esperança
 
 

 

A celebração eucarística presidida pelo arcebispo de São Paulo (SP), cardeal dom Odilo Pedro Scherer, fechou o primeiro dia de atividades do 1º Encontro Nacional de Movimentos Juvenis (ENMJ). Em homilia, o cardeal se inspirou nos missionários Santo Inácio de Loyola e padre José de Anchieta, para dizer aos jovens que o papel deles é fundamental para a multiplicação do Evangelho a outros jovens. “Como Santo Inácio e padre Anchieta, vale a pena a cada um de vocês, jovens, dedicar o tempo de suas vidas com Deus, pois a Igreja chama jovens que têm o coração aberto e buscam grandes sonhos. A evangelização depende do rosto jovem, para que outros jovens possam ser evangelizados e sua presença multiplicada na Igreja”, frisou o cardeal.
 
"Devemos seguir o exemplo da sinceridade de Maria em Nossa relação com Deus", exorta dom Carlos Altieri
 
 
“Deus espera que sejamos discípulos e missionários assim como o foi Maria, com gratuidade, pureza respondendo o nosso sim”. Foi com estas palavras que o bispo de Caraguatatuba (SP) e referencial para a juventude no Regional Sul 1 (São Paulo), dom Antônio Carlos Altieri, exortou na missa da manhã desse sábado, 4, os jovens do 1º Encontro Nacional de Movimentos Juvenis a seguirem Cristo, nos mais diversos carismas de suas expressões.
Dom Altieri recorreu ao exemplo de Maria para dizer aos jovens que a relação com Deus deve ser sincera, apesar das limitações humanas. “Devemos seguir o exemplo da pureza de Maria em nossa relação com Deus. Mesmo sabendo que temos falhas, limites, mas a missão exige gratuidade da nossa parte”, enfatizou o bispo, lembrando que a Igreja celebra a novena da Imaculada Conceição de Maria.
O bispo de Caraguatatuba comparou a assembleia de jovens do 1º ENMJ ao jovem rico (Lc 18, 18 – 30), que questionou a Jesus quais caminhos deveria seguir para conquistar a vida eterna. “Vejo vocês neste belo encontro como o jovem rico, que se pôs a perguntar a Jesus o que deveria fazer para conquistar a vida eterna. Vocês são aqueles que sentem o chamado, cada um com seus dons, para propagar o Cristo e ser como as primeiras comunidades cristãs: radiantes, alegres, dispostos a ajudar o próximo”, sublinhou dom Altieri.
A celebração foi concelebrada pelo bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e referencial do Setor Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Eduardo Pinheiro; e pelo bispo referencial do Setor Juventude no Regional Nordeste 2 da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), dom Bernardino Marchió.
 
Dom Eduardo aponta caminhos para a evangelização "eficaz" da juventude

  

O bispo responsável pelo Setor Juventude da CNBB, dom Eduardo Pinheiro, apontou, com base no Documento 85 da CNBB, “Evangelização da Juventude”, caminhos para que a evangelização da juventude alcance seus objetivos. Ele recomendou dedicação, estudo, vivência da fé e testemunho para que os jovens possam evangelizar jovens. “A verdadeira evangelização propõe mudança de vida, multiplicação e pressupõe conhecimento. Devemos estudar os documentos para conseguir convencer jovens a se tornarem discípulos e missionários. Dizer a outros jovens que eles ganharão a salvação com a participação na Igreja muito provavelmente será um trabalho que não renderá resultados”, advertiu dom Eduardo.
Descrédito nos compromissos definitivos (casamento, celibato); centralidade da subjetividade e individualismo; hedonismo e centralidade nas emoções; relativização dos valores; geração da imagem e estímulos; família, fragilidade e crises. Estes são alguns dos desafios impostos às expressões juvenis, segundo dom Eduardo Pinheiro. Ele elencou algumas ações para a superação dos desafios.
“Precisamos ouvir as concepções de Igreja que os jovens têm, para podermos atuar. Não adianta fazer muitos discursos se não conhecemos a realidade deles. Devemos oferecer formação missionária, processo de evangelização a partir do encontro pessoal com Jesus Cristo que favoreça a dignidade, amadurecimento, discernimento e vocação; também precisamos mostrar aos jovens a beleza, sacralidade, dinamismo, compromisso, porque o pecado, a inveja, o egoísmo tentam destruir a vida, e o compromisso pode combater esses maus”, completou o bispo.
Ainda de acordo com dom Eduardo, a valorização da juventude deve passar pelas experiências culturais, a prática, ações missionárias e voluntariadas. A formação, por sua vez, deve se preocupar com quatro eixos temáticos: espiritualidade, formação, espaço e educação.
 
DOM CARLOS ALTIERI
 
“A contribuição está na riqueza da diversidade de dons a serviço da comunidade. As diferentes forças devem ser distribuídas e aproveitas”, disse, durante sua palestra o bispo referencial do Setor Juventude do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo), dom Antônio Carlos Altieri.
O bispo aconselhou cuidado às expressões juvenis para que não caiam no erro de ficar sozinhas, no isolamento e descuidar da evangelização da juventude de maneira geral. “A diversidade de carismas não é uma competição, mas uma contribuição para a unidade da Igreja que deve ser levada em consideração”.
Dom Altieri afirmou que a Igreja entende a importância da diversidade. Ele justificou mostrando os documentos, Diretrizes para a formação dos Presbíteros para a Igreja no Brasil e Diretrizes Gerais para a Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). “Os documentos são sinais de que a Igreja está atenta para a mudança bonita que acontece na Igreja. Já sabemos que tudo muda com o passar do tempo, inclusive a evangelização que ganha novos rostos com o surgimento de novas comunidades, pastorais, movimentos”, sublinhou.
 
TARDE
 
Os participantes reunidos em grupos discutiram as palestras do período da manhã de sábado. Às 17h eles fizeram um relato de suas experiências nas paróquias e comunidades. Logo após, houve exposição do relatório dos grupos. Às 20h30 teve uma vigília de adoração ao Santíssimo Sacramento e, às 21h30, um show com o grupo Rosa de Saron.
 
Expressões juvenis participam de vídeoconferência com jovens da Espanha

 

Os jovens reunidos no 1º Encontro Nacional de Movimentos Juvenis (ENMJ) participaram na manhã desse domingo, 5, de uma vídeoconferência com a jovem brasileira, voluntária do Departamento de Comunicação da Jornada Mundial da Juventude 2011, Areta Ross, e a também membro do mesmo departamento, María Gil Casares. O contato teve por objetivo transmitir informações sobre o andamento dos preparativos para o evento mundial com o papa.

“O encontro está sendo bem recebido pela população espanhola; ficamos felizes porque até o governo espanhol está colaborando para a organização e acolhimentos dos jovens de todo o mundo”, disse Casares, aos mais de 300 jovens reunidos no ENMJ que acontece desde sexta-feira, 3, no Centro Mariápolis Ginetta, em Vargem Grande Paulista (SP).
A voluntária brasileira, Areta Ross, se diz animada com o evento a afirma que a Igreja e a sociedade na Espanha não estão medindo esforços para a realização de uma das maiores jornadas da juventude da história. “A movimentação preparativa está mobilizando o país, divulgamos o evento nos grandes e pequenos meios de comunicação da Espanha e isso tem nos ajudado muito. Até mesmo pessoas que não acreditam em Deus, sem religião e de outras religiões têm nos ajudado, e isso só nos anima”, contou a brasileira.
O membro do Setor Universidades da CNBB, Eduardo Cortes Cavalcante, disse que o contato foi importante para passar informações de como estão os preparativos da delegação brasileira como também para ouvir como está  o "clima" da Espanha antes da jornada. “Foi importante perceber que a sociedade espanhola está envolvida na preparação do evento. É mais um ponto positivo para nossos jovens se animarem a participar da Jornada. Elas também (Areta e María) ficaram felizes em saber que o Brasil estará em peso durante o encontro”, disse Cavalcante.
 
 
 
JOVENS CONECTADOS
 
A partir das 21h30 dessa sexta entrou no ar o site oficial da juventude católica brasileira. Por meio do endereço www.jovensconectados.org.br, todas as expressões juvenis do país agora têm um espaço especial para unir os vários carismas em um só lugar. O site foi produzido por jovens e lançado neste primeiro dia de encontro. O evento segue até domingo, 5 de dezembro.
 
 
FONTE: CNBB

 

 
 
 
OK
Boletim Brasileiro
18/07/2014
02/05/2014
Assine
Livro - tema vicentino
Adquira o livro sobre o tema vicentino para 2014!
Pedidos: mizaelpoggioli@uol.com.br
Valor: R$10 (mais taxa de remessa)

Web Rádio Vibrar
RÁDIO VICENTINA


Livro - Regra SSVP