Chuva destelha lares vicentinos em MG; assistidos precisam de ajuda

0
Lar de Idosos destelhado em Caeté, região metropolitana de BH

 

Os lares de idosos vicentinos em Caeté e Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), ficaram parcialmente destelhados após uma forte chuva de granizo, que caiu na última quarta (29).

Em Caeté, há dois lares da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP): o Lar de Idosos Padre João de Oliveira Lima e o Lar de Idosos Padre Vicente Cornélio Borges. No total, eles têm 86 moradores. De acordo com a presidente do Conselho Particular Nossa Senhora da Piedade, consócia Rosemary Aparecida, nenhum dos internos ficou machucado com o incidente. Quando houve o destelhamento, eles estavam em um local seguro do lar. No entanto, a instituição perdeu alimentos, remédios e precisará de um novo telhado para as áreas atingidas.

Desde o ocorrido, a comunidade tem contribuído, inclusive na limpeza dos espaços afetados. No momento, quem quiser ajudar, pode doar roupas, alimentos, fraldas, dinheiro (veja a seguir como contribuir) e, principalmente, atenção. “É claro que a ajuda material é muito importante, mas nossos idosos estão precisando muito de carinho neste momento”, afirma Rosemary.

A consócia conta que todas as doações que chegam ao lar passam por uma triagem. As que não podem ser utilizadas pelos idosos são encaminhadas para o Poliesportivo local, que abriga as famílias desabrigadas por causa da chuva em Caeté. Ainda não se sabe se há vicentinos e assistidos dentre elas.

Estima-se que ao menos 200 famílias estejam desalojadas.

Ribeirão das Neves. O Lar José Justino Rocha, que acolhe 19 idosos, também ficou parcialmente destelhado; ninguém se feriu. Os moradores foram recolocados em áreas não atingidas até que o telhado possa ser consertado. Por enquanto, não dá para fazer obras por causa da chuva que continua caindo forte.

Segundo a presidente Maria de Lourdes Alves, a diretoria vai precisar de doações para o novo telhado, no entanto, neste momento, é importante ajudar as famílias desabrigadas de Ribeirão das Neves, já que os idosos estão bem e protegidos.

Maria de Lurdes acredita que há vicentinos e assistidos dentre os desabrigados, mas diante da situação e das chuvas incessantes, não sabe dizer quantos.

AJUDE

Se você puder, ajude:

– As doações para os lares da SSVP em Caeté podem ser feitas pela Caixa Econômica Federal, agência 1441, operação 003 e conta 151-7. CNPJ: 16747537000150

– As doações para a SSVP em Ribeirão das Neves podem ser feitas no Banco do Brasil, agência 2532-1 e conta corrente 17081X. CNPJ:16865057000193

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

Deixe uma resposta