Formação e espiritualidade são oferecidas para a diretoria do CNB

0
472
Momento de espiritualidade na Escadaria Selarón

Os membros da diretoria do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP) estão acostumados a ministrar formações pelo país todo. Mas no último fim de semana, foi a vez deles assumirem a condição de aprendizes, reciclando conceitos e fortalecendo a espiritualidade vicentina.

A presidência do CNB reuniu a diretoria na sede do Conselho, no Rio de Janeiro, para a tarde de sábado e manhã de domingo de formações intensas, permitindo que os membros estejam sempre atualizados e levem os conteúdos a todos os lugares onde forem.

Os momentos de partilha e reciclagem foram divididos em quatro etapas. A primeira delas esteve centralizada no tema ‘Nossa Espiritualidade Vicentina no dia a dia’, uma formação aplicada pelo padre Alexandre Nahass Franco (Congregação da Missão-CM), assessor Espiritual do CNB. Em seguida, o confrade Cristian Reis da Luz (presidente nacional da SSVP) repassou orientações básicas sobre procedimentos internos e postura dos membros da diretoria. A terceira fase foi com a médica coach psicoterapeuta Íris Buono, que proporcionou reflexões sobre comportamento e domínio de emoções. No último momento, ocorrido domingo, o padre Alexandre Nahass Franco propôs uma caminhada por alguns pontos do Rio de Janeiro. No percurso, os vicentinos rezavam e contemplavam as cinco virtudes de São Vicente de Paulo: mansidão, humildade, mortificação, zelo e humildade. Todas elas relacionadas com as situações dos tempos atuais.

Segundo a consócia Leni do Carmo, primeira secretária, a programação foi “excelente”. Ela justifica: “Muito bem elaborada, válida realmente. Fez a gente pensar muito no trabalho que desenvolvemos e até nas nossas vidas pessoais. Um momento de espiritualidade muito grande. Uma oportunidade para falar e ouvir”.

A caminhada (foto de capa) consistiu em um dos momentos que mais marcou a consócia Renata Santos, membro da equipe do Departamento Nacional de Comunicação (Decom). Principalmente, quando os vicentinos chegaram à Escadaria Selarón, na Lapa, e foi lido um trecho bíblico do livro de Coríntios. “As palavras ecoavam como se nenhum ou qualquer som do mundo fosse maior ou mais importante que elas. A experiência da caminhada vai de encontro à ‘Igreja em saída’”.

LAÇOS FORTALECIDOS

Diretoria do CNB

A consócia Margarete Santos, coordenadora nacional do Departamento Missionário, acredita que a vivência do fim de semana fortaleceu ainda mais a amizade entre os membros da diretoria, amizade esta que o principal fundador da SSVP, confrade Antonio Frederico Ozanam, tanto prezava que prevalecesse entre as fileiras vicentinas. “Tivemos a oportunidade de trabalhar o cuidado com o outro, estreitando a nossa relação enquanto amigos e o cuidado com a instituição CNB. Foi incrível o que vivemos. Parabéns aos que nos propiciaram esse momento”.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY